Sábado, Abril 20, 2024
Sábado, Abril 20, 2024

SIGA-NOS:

ERT da Região de Lisboa quer impulsionar municípios com oferta turística menos desenvolvida

A presidente eleita para o novo mandato da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL), Carla Salsinha, afirmou na passada quarta-feira, dia 12, que um dos grandes desafios da entidade é “permitir e ajudar a que os municípios com uma oferta menos divulgada ou menos desenvolvida sejam impulsionados”.

Carla Salsinha falava na cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos sociais da ERT-RL, que contou com a presença do secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda.

A presidente da União das Associações do Comércio e Serviços é a primeira mulher assumir a liderança de uma entidade regional de turismo, facto destacado e enaltecido pelo secretário de Estado.

Na ocasião, Carla Salsinha enumerou os desafios estratégicos para os próximos cinco anos e a visão destes novos representantes sobre os objetivos a serem alcançados, nomeadamente a visibilidade e atratividade da marca Lisboa e dos Polos os Polos da Região, – Cascais, Sintra, Mafra, Ericeira, Arrábida, Costa da Caparica e Tejo.

“A região de Turismo de Lisboa tem vindo a demonstrar ao longo da última década o peso e a relevância que a mesma tem para o Turismo em Portugal, e para a sustentabilidade do setor no País”, começou por dizer.

A nova responsável lembrou ainda que a região tem sido a que, “de uma forma consistente e progressiva, tem vindo a crescer quer no seu reconhecimento internacional, ganhando continuamente quota de mercado externamente, mas também a nível interno, estando à frente de quase todos os indicadores usados para medir os diferentes índices e níveis de turismo, em termos de receitas, de dormidas, bem como dos gastos médios”.

Quantos aos grandes desafios desta nova direção, Carla Salsinha diz querer manter o “crescimento progressivo e sustentado em termos nacionais enquanto região de turismo” e “criar uma oferta de produtos e programas turísticos que sejam aglutinadores da região permitindo que o turista através dessa diversidade permaneça mais tempo na região e obviamente potencie mais receitas”. A média de estadia na região não atinge os 3 dias, “número seguramente a superar”, defendeu.

Carla Salsinha disse também que pretende ter um trabalho “mais próximo e consistente” com e entre os diferentes municípios e operadores privados. “Quanto maior for a ligação a interação entre operadores, a definição de uma estratégia e uma aposta concertada, melhor será a oferta que os privados poderão oferecer impulsionando deste modo o crescimento da região”, afirmou.

Também as questões do aeroporto e a “urgência de um aeroporto na Região” estão na agenda dos novos órgãos da entidade.

Carla Salsinha deixou ainda uma mensagem às outras Entidades Regionais: “Deixo a garantia de uma determinação em trabalhar em conjunto de modo a potenciarmos o Turismo a nível Nacional”.

Ao Secretário de Estado lançou o repto de ser “o congregador das 5 Entidades Regionais, num trabalho conjunto e mais próximo, tal como o trabalho entre privados e autarquias também ele mais próximo, mas também o desafio de se conferir uma maior autonomia às Entidades Regionais de Turismo para que estas possam desempenhar na plenitude a sua missão”.

Recorde-se que a lista, liderada por Carla Salsinha, foi a única candidata às eleições, tendo como vice-presidente Bruno Parreira, vice-presidente da Câmara Municipal de Sintra, e como vogal Francisco Jesus, presidente da Câmara Municipal de Sesimbra.

Na Comissão Executiva encontram-se o vereador da Câmara Municipal de Mafra, Pedro Carmo da Silva, representando os Municípios, e Júlio Fernandes, membro da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, representando os privados.

Para o cargo de presidente da Mesa da Assembleia, os novos órgãos sociais contam com Vitor Costa, diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa, que nos últimos dois mandatos ocupou a presidência da Comissão Executiva da ERT-RL. Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT – Associação das Agências de Viagens e Turismo, é o secretário.

.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img