Quinta-feira, Julho 18, 2024
Quinta-feira, Julho 18, 2024

SIGA-NOS:

GuestReady: Taxa de Ocupação do AL aproxima-se dos 90% nos meses de maio e junho

-PUB-spot_img

A GuestReady revelou que o primeiro semestre deste ano foi marcado por um crescimento no turismo, com a taxa de ocupação das unidades, que tem sob gestão, a aproximar-se dos 90% nos meses de maio e junho em Portugal, e com o valor médio das noites a rondar os 90 euros.

Em Lisboa, a procura recente escalou com a comemoração do Santo António, que levou o preço médio por noite a ultrapassar os 100 euros, enquanto nos fins-de-semana em que se realizou o Rock In Rio a média de preços continuou a subir, registando-se nos 120 euros por noite.

Já no Porto, o Primavera Sound, que decorreu no início do mês de junho, e o São João, que teve lugar no final do mês, fizeram com que o preço médio por noite ultrapassasse os 90 euros por noite no primeiro mês do verão.

Apesar dos eventos que geram um apelo especial, Lisboa e Porto são cidades procuradas o ano inteiro, salienta a GuestReady, devido aos pontos turísticos de interesse. Mas os meses de verão, segundo a GuestReady, trazem uma procura redobrada por todo o tipo de unidades no país, sobretudo as que têm piscina, estão perto da praia, do rio ou na montanha, ou que são aptas para famílias e grupos grandes.

Desta forma, a empresa de Alojamento Local em Portugal faz o balanço de um primeiro semestre positivo e de crescimento no turismo, tendo gerido nos primeiros seis meses de 2024 praticamente mais 3 mil reservas do que no período homólogo de 2023, consequência também do crescimento de portefólio.

“O mercado do turismo em Portugal continua a recuperar e deverá voltar a crescer este ano. Os eventos tradicionais e culturais, como a comemoração dos Santos Populares ou os festivais de música, geram sempre uma maior procura e um aumento generalizado dos preços dos alojamentos,” afirma Rui Silva, diretor-geral da GuestReady em Portugal.

“A realização de mais eventos, desde o concerto da Taylor Swift em maio, a estes festivais e festas, a juntar à chegada do verão oferecem perspetivas bastantes positivas para o setor do Alojamento Local, não só para próximo mês de julho, mas até para os meses seguintes,” acrescenta Rui Silva.

Os festivais NOS Alive (Algés), MEO Kalorama (Lisboa), Super Bock Super Rock (Sesimbra) e MEO Marés Vivas (Porto), que acontecem nas próximas semanas, deverão causar também impacto nas unidades de alojamento local dessas zonas, com maior procura e ocupação, prevê a GuestReady.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img