Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Marrocos requer documentos com código QR para entrada no país

A partir desta terça-feira, dia 31 de agosto, para entrar em Marrocos será obrigatório um documento com código QR que comprove a realização de um teste PCR.

O novo requisito dita que os vacinados devem apresentar um documento, expedido por um laboratório, que ateste o resultado negativo de PCR (realizado nas 48 horas anteriores à chegada) e outro que comprove a vacinação completa há 14 dias ou mais.

No caso do viajante ter tomado uma dose única, por já ter contraído Covid-19, o mesmo deve levar consigo um certificado que comprove a recuperação da doença. O teste de PCR é obrigatório a partir dos 11 anos.

Para os não vacinados, além do código QR do PCR, é obrigatória uma quarentena de 10 dias num dos hotéis autorizados, bem como um novo PCR no nono dia. Para os cidadãos marroquinos (ou de origem marroquina) e os seus familiares, é exigido um auto-isolamento em casa por cinco dias, com teste antígeno ou PCR no quinto dia. Os menores de 18 anos estão isentos de quarentena e o teste de PCR só é obrigatório a partir dos 11 anos.

As vacinas aceites são a Astrazeneca-SK Bio, Sinopharm, Sputnik, Pfizer / BioNTech, Janssen, Covishield (Serum Institute of India), Moderna e Son.

De acordo com as informações prestadas ao site Preferente.com, esta medida visa evitar a apresentação de certificados Covid-19 falsos.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img