Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Mulheres já fazem mais viagens de luxo do que os homens, revela estudo

Um recente relatório da Condé Nast Johansens revelou que há mais mulheres que homens a viajar com a chancela de luxo. A análise mostra que 60% são mulheres entre os 55 e 75 anos, com um rendimento anual superior a 95 mil euros, dos quais 8 mil euros são gastos em viagens.

Estes dados foram revelados no estudo “Hábitos de Férias de Luxo 2024”, publicado pela Condé Nast Johansens, que traça o perfil a nível mundial de quem faz viagens de luxo durante o ano.

De acordo com a análise, a escala das prioridades são: comida e bebida (73%), natureza e atividades ao ar livre (52%), arte e cultura (47%), saúde e bem-estar (45%), tratamentos em Spa específicos (37%), decoração do lar e interiorismo (35%), jardinagem (35%), desporto e fitness (31%), moda (29%), tratamentos de beleza e fotografia (26%) e, por último, ciência (20%).

Destaca-se que para 19% das mulheres, os automóveis, a sustentabilidade, a tecnologia de consumo e a joalharia situam-se no mesmo ranking de importância. Os negócios e as finanças (17%) e, em último lugar, a compra de bagagem e acessórios de viagem (15%).

As percentagens apresentadas referem-se à ordem de resposta, dado que podiam dar várias respostas. Preferencialmente, continuam a viajar com os seus parceiros (75%), embora o prazer de viajar com amigas surja em segundo lugar (30%), frente à opção de viajar com os filhos (26%). Viajantes solitárias surgem em menor número, pois apenas 22% preferem viajar sozinhas.

A importância das redes sociais

Quanto maior a idade, maior o poder económico. Apenas 13% das mulheres de 25 a 34 anos e 12% de 35 a 44 anos têm rendimentos superiores a 95 mil euros anuais.

Para as que usam redes sociais como fonte de inspiração e consulta, para planear as viagens de luxo, verifica-se que a idade é inversamente proporcional à capacidade económica e ao ‘status‘ social. São as mulheres mais jovens que usam as redes sociais para inspirar-se para viajar, por exemplo, uma análise do uso da internet da Condé Nast Johansens mostra que: 60% visita o Facebook da marca, 55% o Instagram, 26% o TikTok, 23% o YouTube, 19% o LinkedIn, 18% X (anteriormente Twitter) e 15% o Pinterest.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img