Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

NEST integra projeto europeu TOURBIT para financiar digitalização das PME do turismo

O projeto europeu TOURBIT, apoiado pelo NEST – Centro de Inovação do Turismo, abriu no passado dia 1 de fevereiro, um convite às PME de turismo para apresentação de propostas ao Tourbit Digital Acceleration Programme. O objetivo é financiar projetos inovadores de digitalização de mais de 60 empresas do setor na Europa no total de 520 mil euros. As empresas interessadas podem candidatar-se até ao dia 23 de março de 2023.

O NEST, Centro de Inovação do Turismo, faz parte das oito organizações que vão cooperar no Programa de Aceleração Digital TOURBIT, que “visa apoiar durante 10 meses mais de 60 PME de turismo no seu processo de transformação digital e construir a sua capacidade de adoção de soluções digitais e inovadoras”, refere o comunicado do NEST. O convite à apresentação de propostas para selecionar as PME é lançado a nível transnacional nos seguintes territórios: Espanha (Catalunha), França, Eslovénia, Bélgica, Finlândia, Islândia, e Portugal.

Os beneficiários do Programa de Aceleração Digital terão as seguintes vantagens:
● Mentoria e apoio técnico para a implementação do seu projeto.
● Formação em digitalização por peritos.
● Acesso à rede internacional da comunidade de inovação turística online TourBIZZ.
● Visibilidade através das comunicações do TOURBIT.
● Apoio financeiro: 8 mil euros para PME localizadas na Catalunha, Portugal e Eslovénia, ou 9
mil euros para PME localizadas em França, Bélgica, Islândia e Lapónia.

Ao apresentarem o seu projeto de transformação digital, as empresas terão a oportunidade “de obter financiamento e implementá-lo com o apoio de um mentor/expert de serviços e ter acesso a uma rede internacional”, explica o NEST. O TOURBIT irá selecionar e admitir prestadores de serviços numa pool a partir do qual as PME poderão escolher o prestador mais apropriado para apoiar a implementação do seu projeto.

Os candidatos ao convite à apresentação de propostas devem ser pequenas ou médias empresas (PME) registadas num dos territórios da parceria – Catalunha, Portugal, Lapónia, Eslovénia, Islândia, Bélgica e França -, e devem pertencer a uma das seguintes categorias da indústria do turismo: hotéis e alojamentos similares, parques de campismo, parques de veículos recreativos e parques de caravanas, agências de viagens e operadores turísticos.

Além desta chamada a pequenas e médias empresas do setor, o programa convida ainda os profissionais e empresas interessadas a candidatarem-se à admissão na pool de prestadores de serviços e, por consequência, a terem a possibilidade de serem contratados por PME de turismo para apoiar a implementação do seu projeto.

“Acreditamos que a inovação pode ser impulsionada pela digitalização ao mesmo tempo que gera mais eficiência económica e ambiental e traz oportunidades sem precedentes para as PME do turismo, tais como o desenvolvimento de novos produtos e serviços, processos, acesso a novos mercados e uma melhor experiência do cliente. A digitalização abre oportunidades, mas, tal como outras forças globais da indústria, coloca muitos desafios às empresas do setor”, explica Roberto Antunes, diretor executivo do NEST.

O projecto TOURBIT teve início em janeiro de 2022 e irá trabalhar nas atividades e objetivos do projeto até junho de 2024. O programa tem um orçamento global de 1.331.570 euros, dos quais 520 mil euros serão encaminhados para PME de turismo, e será financiado até um máximo de 75% através do programa COSME- Europe’s para pequenas e médias empresas. As atividades financiadas passam pela digitalização, automatização ou melhoria de processos internos, gestão de dados, melhorias de cibersegurança, melhoria da relação com o cliente e presença online, melhoria de produtos ou serviços usando tecnologias digitais, como por exemplo inteligência artificial, realidade aumentada, cloud computing, entre outras.

Com a envolvência no projeto, o NEST continua a sua missão de promover a inovação e a adoção de tecnologia na cadeia de valor do setor, apoiando o desenvolvimento de novas ideias empresariais, a experimentação de projetos e a capacitação de empresários na transição para a economia digital.

As PMEs de turismo interessadas em promover a sua digitalização e que cumpram os critérios podem candidatar-se antes do prazo para apresentação de candidaturas (23 de março de 2023).

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img