Quinta-feira, Setembro 29, 2022
Quinta-feira, Setembro 29, 2022

SIGA-NOS:

Nova Zelândia abre fronteiras a turistas vacinados de cerca de 60 países 

A Nova Zelândia abriu esta segunda-feira, dia 2 de maio, as fronteiras a turistas vacinados contra a covid-19 provenientes de países com isenção de visto.

Um total de 43 voos com cerca de nove mil passageiros oriundos de dezenas de países vão partir para Auckland, no norte do país, durante o dia, de acordo com a chefe executiva, Carrie Hurihanganui.

“Tem sido fantástico. Vemos realmente aqueles momentos emocionantes nos filmes em que as pessoas se voltam a reunir com a família e os amigos após um longo período de dois anos”, disse a responsável em declarações à Rádio Nova Zelândia.

Depois da chegada ao aeroporto de Auckland, os turistas vão poder circular livremente no país, sem quarentena, embora devam submeter-se a dois testes rápidos à covid-19, no primeiro e quinto dias, de acordo com a nova política estabelecida pelas autoridades.

No caso de um resultado positivo, os infetados têm de cumprir um período de isolamento de sete dias, sendo responsáveis pelas despesas.

Os estrangeiros que não estão vacinados continuam proibidos de entrar no país oceânico a menos que sejam portadores de uma isenção, concedida em casos raros, ou que tenham o estatuto de refugiados.

A Nova Zelândia mantém um plano de reabertura faseada, que teve início em fevereiro e deverá estar concluído em outubro.

A política fronteiriça, que impôs uma quota diária de entrada muito limitada, foi um golpe para a economia do país, especialmente para o setor do turismo, que antes da pandemia representava quase 6% do produto interno bruto (PIB).

A Nova Zelândia registou, nas últimas 24 horas, 6.726 infeções de covid-19, elevando o número total de casos desde o início da pandemia para 943.428, dos quais 53.839 ainda estão ativos.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img