Terça-feira, Maio 21, 2024
Terça-feira, Maio 21, 2024

SIGA-NOS:

Presidentes da Câmara do Porto e Lisboa consideram a TAP uma “vergonha e um desastre total”

Os presidentes das Câmaras Municipais do Porto, Rui Moreira, e de Lisboa, Carlos Moedas, consideraram na segunda-feira à noite que a TAP é uma “vergonha e um desastre total”.

Na conferência “Poder local, PRR e Descentralização” em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, os dois autarcas consideraram que a TAP “não serve o país”, sendo “revoltante” o esforço exigido dos portugueses.

“A TAP é um resquício de uma empresa colonial, não é mais do que isso. Não nos serve aqui [Norte]”, afirmou o independente Rui Moreira.

Na opinião do autarca, a transportadora aérea é um “desastre e vai continuar a ser um desastre”, questionando o porquê de Portugal ter investido 3,2 mil milhões de euros na companhia. E acrescentou: “alguém acredita que alguém nos vai dar 3,2 mil milhões de euros? É que se acredita, também acredita no pai natal”.

Também Carlos Moedas classificou a TAP de “vergonha total” e de um “triste episódio” para o país. “A TAP é uma vergonha total, mostra que não é só uma questão de ser um governo totalmente encostado à esquerda, mas de uma desorientação total”, referiu. Para o social-democrata, “é revoltante” para todos os portugueses “o esforço” que se fez.

Moedas sublinhou ainda a necessidade de se avançar para um novo aeroporto em Lisboa para conseguir ter “mais e melhor turismo”. “Se queremos mais talento e mais e melhor turismo temos de ter um novo aeroporto já”, sublinhou o responsável, acrescentando que vai abordar a questão com o Governo PS, na área da mobilidade.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img