Sexta-feira, Agosto 12, 2022
Sexta-feira, Agosto 12, 2022

SIGA-NOS:

Reino Unido. Indústria das viagens dá as boas-vindas ao sistema de ‘semáforo’

A indústria de viagens reagiu com “otimismo cauteloso” à atualização do primeiro-ministro Boris Johnson sobre o retorno às viagens internacionais dos britânicos, escreve o site Travelmole.

Uma das medidas que foi confirmada esta segunda-feira, dia 5 de abril, foi o sistema de ‘semáforo’, que classificará os países em nível verde, amarelo e vermelho com base no risco da Covid-19.

O primeiro-ministro britânico está “esperançoso” face a um retorno às viagens ao exterior em meados de maio, mas diz que ainda é muito cedo para confirmar a data.

Quando isso acontecer, o nível verde do semáfora permitirá viagens sem quarentena para determinados países.

A medida foi bem acolhida pelas associações do setor.

No site da ABTA – The Travel Association, a associação britânica das agências de viagens, pode ler-se a seguinte mensagem assinada pelo presidente executivo, Mark Tanzer: “A ABTA tem instado o governo a reiniciar as viagens internacionais usando uma abordagem por níveis de gestão de risco, por isso damos a boas-vindas à confirmação de que as viagens serão reabertas sob um novo sistema de semáforos baseado no risco. “

“No entanto, precisamos conhecer os detalhes do relatório completo da Travel Taskforce antes que isso possa ser avaliado totalmente. Uma prioridade para a indústria é um sistema mais estável que evita a situação do verão passado, em que as viagens para muitos destinos foram rapidamente ligadas e desligadas”

É vital que “o governo esclareça como funcionará a transição entre os níveis verde, amerelo e vermelho, tanto para ajudar as empresas de viagens a planejarem com antecedência quanto para oferecer segurança aos viajantes”, acrescentou Tanzer.

A associação de incoming UKinbound também acolheu os comentários do Primeiro-Ministro e a mudança para uma abordagem baseada no risco. Joss Croft, CEO da associação UKinbound afirmou: “Quando o relatório completo da Travel Taskforce for publicado a 12 de abril, precisamos de ver uma abordagem robusta de quatro nações para a reabertura e a intenção de desenvolver acordos de viagens bilaterais e multilaterais com mercados internacionais valiosos, como os EUA. “

” O reinício do tipo stop-start é uma das maiores ameaças ao nosso setor e, portanto, é crucial que o governo implemente as recomendações do grupo de trabalho e continue o diálogo com a indústria ”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img