Domingo, Maio 26, 2024
Domingo, Maio 26, 2024

SIGA-NOS:

TAP pede desculpas e alerta que constrangimentos não deverão melhorar nas próximas semanas

Face à crise que o transporte aéreo atravessa, a TAP reconhece “que não está a oferecer o serviço de excelência” que desejaria aos clientes e alerta que, de acordo com as previsões mais recentes, “não deverá melhorar nas próximas semanas”.

Numa mensagem dirigida esta segunda-feira, dia 4 de julho, aos parceiros, a CEO da TAP, Christine Oumières-Widener, pede desculpas pela situação e reconhece que este fim de semana “não foi fácil para a TAP devido a constrangimentos vários”.

Apesar do levantamento da maioria das restrições à mobilidade de passageiros, a companhia sublinha que o “transporte aéreo, bem como a respetiva estrutura e serviços complementares, enfrenta uma séria limitação de recursos a nível global, num momento em que as operaçõÕes passaram praticamente do zero para cerca de 90% dos níveis de pré-pandemia”.

“Garantimos que a TAP e todas as nossas equipas estão empenhadas, neste momento, em minimizar aos máximo todo e qualquer inconveniente que possa surgir durante a jornada connosco, esperando contar com um transporte aéreo mais robusto, funciona e articulado no verão de 2023”.

A companhia agradece a fidelidade dos parceiro e diz esperar contar com a compreensão, caso a viagem dos clientes não tenha ido ao encontro das expetativas.

“estamos a fzer o nosso melhor para voltar a proporcionar-lhes a qualidade, a pontualidade e a confiança que merecem e que certamente a terãõ da TAP, o mais rapidamente possível”, garante a companhia

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img