Terça-feira, Setembro 26, 2023
Terça-feira, Setembro 26, 2023

SIGA-NOS:

Taxa de ocupação no Algarve em agosto fica 3% abaixo de 2019

Em agosto de 2023, a taxa de ocupação no Algarve registou uma queda de 3,0 pontos percentuais em comparação com o período pré-pandemia, de acordo com os dados provisórios divulgados pela Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA)

No mês de agosto deste ano, as unidades de alojamento na região registaram uma taxa de ocupação de 89,9%, o que representa uma ligeira diminuição de 3,0 pontos percentuais em relação ao mesmo mês de 2019. Comparando com agosto de 2022, houve uma queda de 2,3 pontos percentuais.

Os principais mercados que influenciaram essa descida homóloga foram os Países Baixos, o mercado espanhol, francês e alemão. Por outro lado, os mercados que apresentaram maior crescimento foram o irlandês, Estados Unidos, Canadá e Dinamarca.

Analisando as diferentes zonas geográficas, as maiores subidas face a 2019 ocorreram nas áreas de Lagos/Sagres (+3,4 pontos percentuais), Lagoa/Silves (+1,2 pontos percentuais) e Portimão/Monchique (+0,3 pontos percentuais). Em contrapartida, as principais descidas, em comparação com 2019, foram registadas em Monte Gordo/Vila Real de Santo António (-3,8 pontos percentuais), Albufeira (-3,9 pontos percentuais) e Loulé (-3,3 pontos percentuais).

A estadia média dos visitantes em agosto de 2023 foi de 5,1 noites, refletindo uma diminuição de 1,7% em relação a 2019. As estadias médias mais prolongadas foram observadas nos mercados dos Países Baixos, com uma média de 6,5 noites, seguido pelo mercado do Reino Unido, com 6,1 noites.

No que diz respeito ao mercado nacional, em agosto, a ocupação hoteleira manteve-se praticamente ao mesmo nível de 2019, registando uma ligeira diminuição de apenas 0,1%.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img