Quarta-feira, Novembro 30, 2022
Quarta-feira, Novembro 30, 2022

SIGA-NOS:

Turismo Centro diz que região registou mais 100 mil dormidas em julho

O presidente do Turismo Centro Portugal, Pedro Machado, disse na terça-feira que a região registou em julho deste ano mais 100 mil dormidas que o mês homónimo de 2019. “O turismo é por excelência uma indústria. Neste mês de julho de 2022 por comparação com julho de 2019, o nosso grande ano de referência, registámos no Centro de Portugal cerca de mais 100 mil dormidas”, anunciou.

Pedro Machado acrescentou que, comparativamente com o ano de 2021, em que havia restrições devido à pandemia de covid-19, a região “cresceu 58% em relação àquilo que era a tendência de recuperação”.

“Diremos hoje que estamos de facto em franca consolidação de uma recuperação que a atividade turística vai trazer e ela tem de ser, obviamente, produtiva. Produtiva para aqueles que queremos atrair, mas também para os que cá estão”, disse.

O presidente do Turismo Centro de Portugal falou na terça-feira na Feira de São Mateus, em Viseu, perante dezenas de autarcas das três Comunidades Intermunicipais (CIM) abrangidas pela Estrada Nacional 16 (EN16).

As CIM Região de Aveiro, Viseu e Dão Lafões e Beiras e Serra da Estrela contemplam os 14 municípios que a EN16 atravessa: Aveiro, Albergaria-A-Velha, Águeda, Sever do Vouga, Oliveira de Frades, Vouzela, São Pedro do Sul, Viseu, Mangualde, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Guarda, Pinhel e Almeida.

Dia 6 de setembro, foi assinado em Viseu um protocolo entre o Turismo Centro de Portugal e as três CIM com o objetivo de lançar a EN16 como um produto turístico, à semelhança da EN2, para promover e alavancar a economia e a região.

A EN16 atravessa o país, liga o mar a Espanha e, neste sentido, Pedro Machado destacou a importância deste projeto que quer apresentar na Bolsa de Turismo de Portugal de 2023, já que “Espanha é hoje responsável por cerca de 900 mil dormidas no Centro de Portugal”.

Presente na cerimónia de assinatura esteve a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, Isabel Damasceno, que “amadrinhou” o projeto e prometeu “apoiar no que for possível” para que se concretize.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img