Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023

SIGA-NOS:

Turismo com novo Apoiar.pt e mais 25M€ para a promoção, garante o presidente da CTP

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal afirmou esta quinta-feira, dia 8, que o setor turismo vai ter um novo Apoiar.pt e um reforço de promoção no valor de 25 milhões de euros. Francisco Calheiros falava na abertura do 47º congresso nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que decorre em São Miguel.

“Sabemos que o montante [Apoiar.pt] já saiu do Ministério das Finanças e está no Turismo de Portugal, a ver se ainda este ano conseguimos tê-lo”, afirmou o responsável minutos antes de Nuno Fazenda, secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços confirmar o reforço do programa em 70 milhões de euros para as empresas, a fundo perdido.

Francisco Calheiros anunciou ainda que o turismo vai contar com um aumento da verba de promoção em mais de 25 milhões de euros. “Não me lembro de ter visto este reforço nos últimos 10 anos”, sublinhou.

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal falou da importância das agências de viagens para ironizar com a morte anunciada das mesmas há vários anos. “A morte das agências antes era uma situação que me preocupava, hoje em dia acho uma situação excitante, porque, de tanto se prever, já alcançaram a eternidade, é um bom pronúncio”.

Sublinhando que o crescimento económico é o grande problema do país, Francisco Calheiros lembrou a importância da assinatura do acordo de Competitividade e Rendimentos. “Foi a primeira vez em que vimos que o ponto de partida foi diferente do da chegada, desta vez, conseguiram-se bastante situações positivas”. No entanto voltou a criticar a semana de quatro dias de trabalho. “Se acabámos de assinar este acordo para aumentar a Competitividade e Rendimentos, e se a primeira medida que estamos a estudar é perder 20%, não é a medida que faz sentido neste momento. Como todos sabemos um dos grandes problemas que temos é a falta de mão de obra Se esta situação se pusesse em 2008 e 2029 com 17% de desemprego, agora em pleno emprego não faz qualquer sentido”, defendeu

Francisco Calheiros tocou ainda no tema do aeroporto para a anunciar que a CTP adjudicou a colocação de um contador na 2ª Circular, em Lisboa, alusivo às perdas para o país da não construção de um novo aeroporto e que estão contabilizadas no estudo apresentado este ano.

“O que é que é preciso dizermos mais? Será que todos os que estamos nesta sala e fora dela não temos vergonha por estar há mais de 50 por dicidir um aeroporto de Lisboa”, questionou.

O presidente da CTP aproveitou ainda para dar as boas vindas ao novo secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços e agradecer o papel da sua antecessora. “Já lidei com muitos políticos, com uns que anunciam 10 e faziam uma, consigo foi ao contrário”, disse referindo-se a Rita Marques.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img