Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Turismo de Portugal inaugura o “maior Centro de Incubação de Base Tecnológica do setor”

O Turismo de Portugal deu, na passada segunda-feira, um passo rumo à inovação com a inauguração do maior Centro de Incubação de Base Tecnológica (CIBT), localizado no Campus da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril.

O evento de inauguração, liderado pelo Ministro da Economia, Pedro Reis, contou com a presença do secretário de Estado do Turismo, Pedro Machado, do Presidente do Turismo de Portugal, Carlos Abade, e do Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras.

O CIBT, que será co-gerido pelo NEST – Centro de Inovação do Turismo, ocupa três pisos completamente equipados, oferecendo uma ampla gama de instalações, incluindo escritórios, espaços de coworking, salas tecnológicas, pop-ups, equipamentos e laboratórios de pesquisa. Segundo comunicado, o seu principal objetivo é apoiar a criação e capacitação de novas empresas e modelos de negócios no setor do turismo.

“Além de alavancar todo o conhecimento, investigação e inovação produzidos no ecossistema do Campus do Estoril, o CIBT terá a capacidade de interligá-lo com a rede existente na região através das parcerias estratégicas nos ramos do ensino, investigação e inovação, tendo o NEST como um dos mais importantes dinamizadores do espaço”, salienta o Turismo de Portugal.

O centro destina-se especialmente à comunidade de empreendedores e às suas startups, com foco particular nos jovens recém-formados que estão ativos no desenvolvimento do setor. “Ao estimular uma cultura empreendedora, o objetivo primordial do CIBT visa a fixação de talentos, capacitando-os como futuros empresários e facilitando, posteriormente, a sua integração no mercado”, acrescenta a instituição em comunicado.

Carlos Abade, Presidente do Turismo de Portugal, refere que “acelerar e transformar o turismo, através do investimento na tecnologia e na inovação, é uma prioridade para o Turismo de Portugal. A inauguração do CIBT traduz essa aposta contínua no turismo e esse compromisso com o futuro, afirmando o Instituto como um organismo ímpar a nível internacional. Portugal distingue-se assim pela inovação, tecnologia, inclusão, diversidade e sustentabilidade. Este é o turismo do futuro que o setor está a construir”.

O CIBT representa um investimento de 3,4 milhões de euros, financiado pelo PO Lisboa em 1,17 milhões, e apresenta-se como “um instrumento relevante na construção daquilo que é o futuro do turismo em Portugal e no reforço da sua competitividade”, de acordo com o comunicado. O Turismo de Portugal é um dos oito membros fundadores do NEST. Os restantes são a ANA Aeroportos de Portugal, Brisa Via Verde, Google, Microsoft, Millennium BCP, NOS e BPI.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img