Domingo, Agosto 14, 2022
Domingo, Agosto 14, 2022

SIGA-NOS:

Portugal está na lista verde do Reino Unido para viajar

Portugal está na lista verde dos países para os quais os britânicos podem viajar já a partir do dia 17 de maio.

O anúncio foi feito esta sexta-feira, dia 7 de maio, pelo secretário dos Transportes, Grant Shapps , numa conferência de imprensa em que foi anunciado quais os destinos que se enquadram no sistema de semáforo definido pelo governo britânico na retoma de viagens.

De acordo com este sistema, quem regressa de um destino que recebeu luz verde, não precisa de fazer quarentena, apenas terá de fazer um teste à saída do país e após chegada ou nos dois dias a seguir.

Os que regressarem de um país que conste da lista amarela devem estar em isolamento durante dez dias e fazer três testes. No entanto, o governo britânico desaconselha viagens para estes países. “As pessoas não deveriam viajar em lazer para os países das lista amarela”, lê-se na nota de imprensa publicada no site oficial gov.uk. A lista vermelha exige uma quarentena de 11 noites num hotel com um custo de £ 1.750 para viajantes individuais.

A cada três semanas as listas serão revista e as avaliações serão baseadas numa série de fatores, incluindo a proporção da população de um país que foi vacinada, taxas de infeção, novas variantes emergentes e o acesso do país a dados científicos confiáveis.

Integram a lista verde Portugal; Austrália; Nova Zelândia; Singapura; Brunei; Islândia; Ilhas Faroe; Gibraltar; Ilhas Malvinas; Geórgia do Sul e Ilhas Sandwich do Sul; Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha; e Israel.

Rita Marques, Secretária de Estado do Turismo, sublinha que “este dia marca o início da reativação do turismo, no contexto internacional. Os primeiros passos para promover as viagens internacionais na UE foram já dados pela Presidência do Conselho Europeu, com o passe verde digital, mas há ainda que trabalhar para repor a mobilidade com países terceiros à UE. Portugal e o Reino Unido foram sempre países parceiros, também no turismo, pelo que é com especial satisfação que vemos a inclusão de Portugal como o primeiro país da UE na lista verde do Reino Unido. Estaremos prontos para receber os turistas britânicos com a simpatia do costume e com ainda mais segurança”.

O presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, acrescenta que “Portugal dá as boas-vindas aos turistas britânicos com a máxima segurança. Os nossos equipamentos, atividades e empresas do setor estão preparados para receber visitantes, com a garantia Clean & Safe de que cumprem todos os requisitos decretados pelas autoridades de saúde. Este é um passo importante na recuperação da nossa atividade turística e, consequentemente, da economia nacional. Repor a mobilidade entre países é essencial para podermos olhar para o futuro de forma positiva, sabendo que estamos mais fortes e focados no nosso propósito de receber bem e em segurança”.

Segundo um comunicado do Turismo de Portugal, “observa-se neste momento grande disponibilidade por parte dos parceiros de transporte aéreo e de operação turística para as reservas por parte dos turistas britânicos. Aliás, a recuperação das ligações aéreas entre os dois países está a ser feita de forma gradual, com o objetivo de se recuperar as 700 frequências semanais que existiam no verão de 2019 entre aeroportos britânicos e nacionais”.

Recorde-se que o Reino Unido é um dos principais mercados emissores para Portugal, com uma quota de 19% nas dormidas de não residentes e mais de 3,3 mil milhões de euros em receitas, em anos pré-pandémicos.

.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img